Brasil é o terceiro país com maior número de novos casos de HIV na América Latina

45% da população brasileira sexualmente ativa não usa camisinha

O Unaids (Programa Conjunto da ONU para HIV/Aids) divulgou recentemente alguns dados preocupantes sobre o Brasil. Levantou-se que, no país, o número de casos de infecções por HIV em 8 anos cresceu 21%. O estudo foi realizado levando em conta os anos de 2010 a 2018.

Isso faz com que o Brasil fique entre os países da América Latina em que a taxa de transmissão mais aumentou nos últimos tempos, ficando atrás apenas de Chile (com 34% de crescimento) e Bolívia (com 22%). Países como El Salvador e Nicarágua foram os que mostraram baixas mais relevantes, de acordo com a Unaids.

Para Jair Brandão, da ONG Gestos, “o mundo está vivendo a quarta década da epidemia de Aids e continua existindo muito estigma e discriminação”.

Sabe-se que uma das principais dificuldades dos brasileiros, principalmente dos jovens, é usar preservativo, algo tão simples e acessível, já que é distribuído gratuitamente pelo Governo. Em 2014, uma pesquisa realizada pelo Ministério da Saúde mostrou que 45% da população brasileira sexualmente ativa não usava camisinha, sendo que 94% dos brasileiros sabiam que esse era o melhor método de prevenção contra infecções sexualmente transmissíveis. De lá pra cá, infelizmente, os números não tiveram baixas significativas.

 

Texto da Agência Aids

Nos acompanhe e saiba mais!
error

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *