Casa Nem é realocada pelo Governo do Estado do Rio

Texto de DJ Vino
Colaboração especial para Rio Gay Life

Após decisão de reintegração de posse, o edifício que é ocupado pela Casa Nem, em Copacabana, foi cercado pela Polícia Militar na manhã desta segunda-feira (24). Os oficiais de justiça chegaram à ocupação por volta das 9h, para fazer cumprir a ordem de despejo dos moradores acolhidos.

O imóvel na Rua Gonçalves Dias foi ocupado em 2019 e atualmente abriga cerca de 50 pessoas, desde crianças a idosos, em situação de vulnerabilidade, além de servir como sede da instituição que também oferece oficinas de aprendizado para a população LGBTQIA+ como costura e pintura. Os moradores da ocupação não aceitam a retirada forçada, principalmente durante a pandemia, sem que antes a Prefeitura disponibilize um novo local em condições habitáveis.

“Está cheio de policiais aqui. Tem alguns ativistas aqui, de 30 a 40 anos, e a gente vai resistir. Uma representante da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB RJ) está aqui e disse que isso não pode acontecer principalmente por causa das crianças que estão dentro do imóvel. Se não for pacífico, não pode acontecer” disse Indianare Siqueira (Indianara), coordenadora da Casa Nem.

Mais cedo, o ativista André de Paula, membro da Frente Internacionalista dos Sem Teto (Fist), foi detido por incitação à desordem ao usar um megafone para protestar contra a ação. A advogada da OAB Ludmila Cindra tenta uma conciliação, pois, segundo ela, a prefeitura já viabilizou o novo local em Laranjeiras, também zona sul carioca, para acolher as pessoas, porém, este outro imóvel ainda não tem a infraestrutura necessária para ser habitado.

Após muita conversa e resistência dos moradores da ocupação, o Secretário de Educação Pedro Fernandes, em acordo com a secretaria de Habitação do Estado do Rio, disponibilizou uma escola na Rua República do Peru, também em Copacabana, para que os moradores da Casa Nem possam morar provisoriamente, até que o imóvel cedido pela Prefeitura do Rio no bairro de Laranjeiras esteja pronto para recebê-los. A remoção aconteceu de forma pacífica e Indianara fez um discurso na sacada do prédio anunciando a decisão.

 

Nos acompanhe e saiba mais!
error

1 thought on “Casa Nem é realocada pelo Governo do Estado do Rio

  1. Boa noite! Muito boa a matéria.
    Apenas duas dicas:
    1) a Sede, no sentido usado no texto, é com “S”;
    2) ordem de despejo e ordem de reintegração de posse são concedidas por juiz. A Defensoria Pública é o órgão que faz a defesa daqueles que não têm condições financeiras para pagar um advogado. Então os oficiais de justiça cumprem as ordens dos juízes.
    Não se ofenda, por favor. É apenas uma ajuda.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *