Jovem grava o pai agredindo a irmã de oito anos por ‘estar gostando da amiga’

Violência lesbofóbica chocou a internet e já foi vista mais de um milhão de vezes no Twitter

O fotógrafo Igor do Valle, 23 anos, postou no Twitter o momento que o pai agride a filha que reage com gritos e choro de desespero. Igor, irmão da menina, contou na rede social que o pai atacou a filha por ela revelar estar gostando de uma amiga. As imagens já contam com mais de 1 milhão de visualizações.

Na gravação realizada nesta segunda-feira (7) na casa da família em Bangu, Zona Oeste do Rio, o pai aparece no quarto da criança com o cinto na mão em direção à menina, dizendo: “Se filmar é pior”. A mãe da menina e do fotógrafo intervém tentando impedir a continuidade da gravação. Ela coloca a mão sob a lente da câmera e a gravação é cortada.

No Twitter, Igor relatou o ocorrido “Bom, esses são meus pais, espancando minha irmã só porque ela disse que estava “gostando da amiga”. Eu passei por isso pelo fato de ser gay, apanhei muito desse cara (pai), até arma na minha cara ele colocou. E agora ver minha irmã passar por isso eu não aceito, ele bate na minha mãe”, revelou o profissional.

“Nos ameaça falando que se denunciar ele, ele vai matar a gente. Eu não sei o que fazer, só quero paz e a liberdade da minha irmã ser quem ela quiser, não vou mais me calar diante desse psicopata”, continuou.

Igor contou que procurou a delegacia do bairro e, posteriormente, o Conselho Tutelar. “Vou atualizar vocês. Eu fui a delegacia e não consegui nada. Daí, fui ao Conselho Tutelar e registrei tudo e pediram para fazer a ocorrência pelo site. Eu já fiz e já está tudo meio caminho andado. (…) Eu não vou aceitar a minha irmã passando por isso. Ele é uma pessoa agressiva e já agrediu a minha mãe. Eu espero que o Conselho Tutelar tome uma atitude. Estou expondo tudo na internet mesmo porque estou com medo. Caso aconteça alguma coisa, eu tenho provas e está tudo registrado aqui”, disse .

“Espero que o Conselho Tutelar e as autoridades tomem atitude. Estou arriscando aqui a minha vida para poder fazer isso. Estou expondo tudo na internet mesmo porque eu estou com medo. Se caso acontecer alguma coisa, eu tenho provas, está tudo registrado aqui. Eu estou seguro, com um pouco de medo, sim, mas eu vou levar esse caso até o final. Chega. Chega mesmo”, enfatizou Igor no Instagram.

Na noite desta terça-feira, o fotógrafo postou no Twitter que depois de acionado o Conselho Tutelar, a criança vítima de violência está agora sob a guarda da avó.

Nos acompanhe e saiba mais!
error

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *